Esposende Cup

Selecione o escalão.




Apresentação



INTERNATIONAL FOOTBALL TOURNAMENT

Organização: Câmara Municipal Esposende / CA Tourism & Events

A realização deste torneio visa enriquecer o Turismo Desportivo da região, como também os serviços de atividades turísticas. Com a presença de equipas locais, de renome e estrangeiras é nosso objetivo:

- Possibilitar a participação num Torneio Internacional às nossas crianças e Jovens;

- Fomentar a prática desportiva;
- Dar a conhecer as instalações desportivas do concelho;
- Dar visibilidade aos clubes  anfitriões e restantes clubes a associações participantes;
- Dar visibilidade aos atletas do concelho;
- Apoiar o associativismo desportivo;
- Atrair gente ao concelho;
- Desenvolvimento económico do concelho – alojamento, restauração, comércio;
- Afirmar Esposende como um destino turístico, com especial incidência para o Turismo associado ao Desporto.


REGULAMENTO ESPOSENDECUP 2015

1 – REGRAS

1.1 - O torneio será realizado de acordo com as regras da F.I.F.A. e da Federação Portuguesa de Futebol, assim como, pelas regras particulares impostas pela organização do torneio.

2 – ESCALÕES

2.1 - O torneio será disputado nos seguintes escalões:

a)       Traquinas: Atletas nascidos em 2006/2007 (fut.5x5);

b)       Benjamins: Atletas nascidos em 2004/2005 (fut.7x7);

c)       Infantis: Atletas nascidos em 2002/2003 (fut.11x11);

d)       Iniciados: Atletas nascidos em 2000/2001 (fut.11x11) - Torneio Internacional

 

3 – FORMATO DO TORNEIO


3.1 - O torneio será jogado em campos de futebol de 5, 7 e 11, em relva sintética e relva natural, com a utilização de bolas Nº. 4 (Traquinas e Benjamins) e 5 ( Infantis e Iniciados) fornecidas pela organização.

3.2 - O escalão de Traquinas será disputado em campos de fut.5, de relva natural, no Centro Desportivo CF Fão, com a utilização de bolas nº 4.

3.3 – O escalão de Benjamins será disputado em campos de fut. 7, de relva sintética, com a utilização de bolas nº 4.

3.4. – O escalão de Infantis e Iniciados serão disputados em campos de fut.11, em campos de relva sintética e/ou relva natural, com a utilização de bolas nº5.

3.5 – Em caso algum será permitido às equipas o aquecimento com bola,  antes de cada jogo, com exceção do primeiro jogo da manhã ou da tarde em cada um dos campos onde se disputa o torneio.

4 – CAMPOS DE REALIZAÇÃO DOS JOGOS

4.1 - Os campos utilizados serão os seguintes:

a) Centro Desportivo CF Fão (Relva Natural e Artificial).

b) Parque Desportivo de Marinhas (Relva Artificial).

c) Estádio Padre Sá Pereira (Relva Artificial).

d) Estádio Horácio Queirós (Relva Artificial).

4.2 – A organização reserva-se o direito de alterar o local dos jogos comunicando previamente essa decisão às respetivas equipas.

 

5 – COMPETIÇÃO


5.1  – Na primeira fase do torneio em cada escalão, as equipas serão integradas em grupos de 3. As equipas de cada grupo jogarão entre si.

5.2- Na segunda fase do torneio as equipas serão novamente integradas em grupos conforme a classificação obtida na primeira fase, sendo que nos escalões de Traquinas/Benjamins/Infantis teremos grupos de 3 equipas e no escalão de Iniciados teremos grupos de 4 equipas.

5.3 – O quadro competitivo do torneio será disponibilizado no secretariado dos respectivos campos e estará sempre disponível através do site oficial do torneio www.esposendecup.com

5.4 – A pontuação dos resultados dos jogos será do seguinte modo:

a) – Vitória…………3 pontos 
b) – Empate……….1 ponto 
c) – Derrota………..0 pontos 

5.5 – Se, após as equipas terem jogado entre si, houver duas ou mais equipas com os mesmos pontos, aplicar-se-á sucessivamente os seguintes critérios até que o empate deixe de subsistir :

a) O número de pontos alcançados pelos clubes empatados, no jogo ou jogos que realizaram entre si;

b) A diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos pelos clubes empatados, nos jogos que realizaram entre si;

c) A maior diferença entre o número de golos marcados e o número de golos sofridos pelos clubes empatados, nos jogos realizados em toda a competição;

d) O maior número de golos marcados;

e) O menor número de golos sofridos;

f) Sorteio entre as equipas empatadas que definirá os lugares de classificação;

5.6 - Nos jogos da terceira fase, em caso de empate, o desempate far-se-á com recurso a uma série de 3 pontapés de grande penalidade, vencendo a equipa que lograr marcar o maior número de golos.

5.7 - Caso a igualdade se mantenha, marcar-se-á pontapés de grande penalidade alternadamente até uma das equipas ganhe vantagem.

 

6 - DURAÇÃO DOS JOGOS 

6.1  - Os jogos terão a seguinte duração:

a) - Traquinas dois períodos de 15 minutos,  com intervalo de 5 minutos; 
b) - Benjamins dois períodos de 15 minutos, com intervalo de 5 minutos; 
c) -  Infantis dois períodos de 20 minutos, com intervalo de 10 minutos; 
d) -  Iniciados dois períodos de 20 minutos, com intervalo de 10 minutos;

6.2 – Nos jogos das finais (atribuição 1 e 2 classificados) em cada escalão, será acrescido 5 minutos a cada parte.

7 - INSCRIÇÃO DE JOGADORES NO TORNEIO

7.1 – Não existe limitação do numero de atletas a inscrever por cada equipa no torneio.

7.2 – Cada equipa só poderá inscrever na ficha de cada jogo o número máximo de :

a) Traquinas 10 jogadores

b) Benjamins 12 jogadores

c) Infantis e Iniciados 18 jogadores

7.2 – Na ficha de cada jogo para além dos jogadores só poderá constar:

a) um treinador

b) um treinador adjunto

c) um responsável médico

c) um delegado.

7.3. – Todos os atletas de uma equipa que sejam excluídos pela sua equipa técnica de participar naquele jogo terão de ficar na zona destinada ao público em geral.

7.4 - No primeiro dia do Torneio, as equipas deverão dirigir-se ao Secretariado localizado em cada campo, para levantamento de toda a documentação e deverão entregar a ficha de inscrição com o Nome completo de todos os atletas, o seu número de bilhete de identidade / cartão de cidadão ou passaporte e data de nascimento.

7.5 – Nesse momento deverão ser entregues os originais dos documentos de identificação de cada atleta.

7.6  - Não serão aceites fotocópias dos documentos de identificação;

7.7 - A identificação dos atletas será feita pela organização do torneio;


7.8 – 15 minutos antes do inicio de cada jogo, o delegado da equipa deverá entregar no secretariado de cada campo a ficha do jogo;


7.9 - Em caso algum será admitida a inscrição de um jogador que não apresente original de documento de identificação válido;


7.10 - Em caso algum, um atleta poderá estar inscrito em mais do que uma equipa participante no EsposendeCup;


7.11 - Os delegados das equipas poderão até ao final do jogo requerer que se comprove a legalidade da participação de qualquer atleta, bastando para tal, que o reclamante faça a entrega do valor de 250.00€ (duzentos e cinquenta euros) à organização que será devolvido ao reclamante caso a reclamação tenha provimento.

 

8 – DECISÕES DA COMISSÃO ORGANIZADORA DO TORNEIO

 

8.1 - As decisões tomadas pela Comissão Organizadora do Torneio sobre qualquer questão relacionada com a realização e desenvolvimento do Torneio serão decisões definitivas e irrevogáveis;

8.2 - A Comissão organizadora do Torneio é constituída pela e CÂMARA MUNICIPAL DE ESPOSENDE, como Organização e pela CA Tourism & Events como parceiro do torneio.

9 - FALTA DE COMPARÊNCIA DE EQUIPA

9.1 - Se à hora marcada para realização do jogo a equipa não estiver presente o árbitro dará um tolerância de 10 minutos. Caso esta não compareça ser-lhe-á atribuída a derrota no jogo por 3-0;

9.2 - A não comparência de uma equipa, sem que essa falta seja justificada, será penalizada com atribuição de uma derrota por 3-0 nesse jogo;

9.3  - Compete à comissão organizadora do Torneio decidir se o motivo pelo qual a equipa faltou ao jogo é ou não justificado e se o jogo deverá ser realizado ou não.  Desta decisão não é admissível qualquer recurso ou impugnação por parte das equipas participantes;

9.4  - No caso da Comissão Organizadora decidir que a falta da equipa ao jogo é justificada, marcará a realização do jogo para local e hora a designar, devendo as equipas em causa comparecer obrigatoriamente.

 

10 - REGRAS SUPLEMENTARES DE JOGO

10.1 - O número de jogadores em campo por equipa, é limitado a 5 (cinco) incluindo o guarda redes para o escalão de Traquinas  e a 7 (sete) para o escalão de  Benjamins– Fut /7, e a 11 para os escalões de Infantis e Iniciados – Fut/11;

10.2 - O número de substituições em todos os escalões é ilimitado. Apenas será necessário informar o arbitro aquando da substituição do guarda-redes. Os jogadores substituídos podem reentrar em campo.  ;

10.5 - Não se aplicará a lei de fora de jogo com excepção nos jogos dos escalões de Infantis e Iniciados.

11 - ARBITROS

11.1 - Os árbitros designados para o Torneio pertencerão ao Conselho de arbitragem da AFB.

12 - EQUIPAMENTOS

12.1 – É expressamente proibido a utilização de botas com pitons de alumínio;

12.2 - Se equipamento das duas equipas forem semelhantes e o árbitro optar para que uma delas altere, é à equipa que se apresenta em 2º lugar no calendário que deverá efectuar a troca.

13 - COMPORTAMENTO DOS ATLETAS E DA EQUIPA

13.1 – O atleta que veja o cartão vermelho num jogo será punido com 1 ou 2 Jogos ou mesmo a sua exclusão do Torneio consoante a gravidade da acção ou comportamento;

13.2  – Compete a Comissão Organizadora do Torneio tomar uma decisão sobre a sanção a aplicar ao atleta, depois de ouvida a descrição dos acontecimentos por parte do arbitro do jogo;

13.3 - Se o comportamento de determinada equipa for considerado anti-desportivo pela Comissão Organizadora do Torneio durante um jogo, ou durante a sua presença no recinto onde decorre o torneio, poderá aquela equipa ser sancionada:

a) Com a derrota de 3-0 no jogo em causa;

b) Com a exclusão da equipa do torneio.

 

14 - PRÉMIOS

14.1 – Os prémios serão entregues a todas as equipas no final do Torneio (Domingo à tarde), havendo taças para os 1º, 2º e 3º classificado de cada escalão.

14.2 – Todos os atletas participantes terão direito a uma pequena lembrança.

 

15 - LESÕES, ACIDENTES, ROUBO DE ATLETAS, TECNICOS E DIRIGENTES

15.1 - Os atletas estarão cobertos por uma apólice de seguro de acidentes pessoais/desporto, nos termos estabelecidos por lei durante a realização dos jogos que integram o quadro competitivo do torneio.

A ESPOSENDECUP não terá qualquer tipo de seguro de grupo ou proteção para participantes em caso de roubo ou dano à propriedade e não se responsabiliza por lesões ocorridas fora dos jogos que integram o quadro competitivo do torneio.

 

16 - ALTERAÇÃO DE CALENDÁRIOS

16.1 - Compete exclusivamente à comissão organizadora do Torneio alterar calendários dos jogos, grupos, horários dos jogos ou campos, sendo que a sua decisão é vinculativa para os clubes participantes.

17 – ACESSO AOS RECINTOS DOS JOGOS

17.1 – O acesso aos recintos desportivos onde o Torneio decorrerá será gratuito.

18 - OMISSÕES DO REGULAMENTO

18.1 - Compete exclusivamente à Comissão Organizadora do Torneio suprir todas as omissões que se venham a constatar no presente regulamento.

19 - CERIMÓNIA DE ENCERRAMENTO DO TORNEIO E ENTREGA DE PRÉMIOS

19.1 – A não comparência de uma equipa à Cerimonia de Encerramento do torneio e entrega de prémios será sancionada com a desclassificação.

A COMISSÃO ORGANIZADORA

Carlos Mota / Clemente Araújo / Querubim Areias




Escalões


Idades dos atletas

Os clubes ou academias que desejarem participar no Torneio poderão inscrever as suas equipas nos seguintes escalões:


1.      Traquinas: Atletas nascidos em 2006/2007 (5x5);

2.      Benjamins: Atletas nascidos em 2004/2005 (7x7);

3.      Infantis: Atletas nascidos em 2002/2003 (11x11);

4.      Iniciados: Atletas nascidos em 2000/2001 (11x11) - Torneio Internacional